Textual description of firstImageUrl

The Sedlec Ossuary - A Igreja Composta de Crânios e Ossos





Conheça uma igreja na Republica Tcheca totalmente decorada com ossos humanos!

Em Sedlec, um subúrbio de Kutná Hora da República Tcheca há uma pequena igreja católica romana conhecida como "The Sedlec Ossuary" ou "The Cemetery Church of All Saints". O nome do cemitério é um pouco atípico para uma igreja, mas é exatamente isso que é a igreja. Dentro dela existem milhares de ossos pendurados nas paredes e nos tetos. Esta horripilante igreja é a atração turística mais popular.


A história da igreja remonta a 1278. Diz-se que durante esse tempo Henry, o abade do mosteiro cisterciense em Sedlec foi enviado à Terra Santa pelo rei Otakar II da Boêmia. Ao retornar, Henry trouxe uma pequena quantidade de terra do Gólgota, onde Cristo foi crucificado e aspergiu sobre o cemitério da abadia. A história de seu ato sagrado se espalhou e o cemitério de Sedlec tornou-se o local de enterro desejável para todos os europeus centrais.


Milhares de pessoas foram enterradas lá no século 14 durante a Morte Negra e no século 15 após as Guerras Hussite. O número de enterros começou a exceder o espaço disponível e o cemitério teve que ser expandido. Em 1400, uma igreja gótica foi construída no centro do cemitério. A igreja tinha um nível superior abobadado e um nível mais baixo para ser utilizado como ossário para as sepulturas desenterradas durante a construção.


A lenda diz que, em 1511, um sacerdote meio cego tinha a tarefa de empilhar todos esses ossos, alegadamente de 40 mil pessoas, no porão do Osário. Dizem que esse monge começou a empilhar os ossos em um padrão artístico. Há também um mito sobre um monge que ficou louco e começou a fazer ferramentas com os ossos. Em 1870, a família Schwarzenberg, que era então uma família rica, dona de muitas terras, contrataram Frantisek Rint, um gravador de madeira, para colocar os montes de osso em algum tipo de arranjo. Rint, então,  fez as decorações e esculturas da igreja com ossos humanos.


Dentro da igreja estão os esqueletos de cerca de 40.000 a 70.000 pessoas. As paredes e os tetos da igreja são artisticamente decorados com ossos humanos. Os cantos da igreja são ocupados por enormes pilhas de ossos em forma de sino. Do centro da igreja há um enorme candelabro de ossos. O candelabro é feito de todos os ossos do corpo humano e é cercado por guirlandas de caveiras que cobrem as velas. Há filas de caveiras e ossos pendurados nos tetos. Uma vitrine mostra crânios com feridas causadas por diferentes armas de meados do século. Há um grande brasão da família Schwarzenberg; Um dos corvos que come o olho de um soldado invasor é a melhor parte. Outras atrações são os pilares e os monumentos que flanqueiam o altar.

O lustre grande é supostamente feito de cada osso no corpo humano.


Brasão da família Schwarzenberg



Detalhe dos pilares que flanqueiam o altar
 





Pilares e os monumentos que flanqueiam o altar

Os ossos humanos em toda a igreja nos recordam a curta vida humana e a morte inevitável.
Compartilhe no Google Plus


Sobre Luciana Costa

Blogueira, escritora e life coach. Autodidata aplicada, amo psicologia e filosofia. Gosto de mistérios e curiosidades em geral. Esse blog é parte do que mais gosto de descobrir: os mistérios do mundo.

0 comentários:

Postar um comentário