Textual description of firstImageUrl

A Misteriosa Colina das Cruzes - Onde os Peregrinos Acreditam que Jesus Cristo Realiza Milagres




A Colina das Cruzes foi um símbolo de resistência ao comunismo e a confirmação da fé católica na Lituânia. Conheça a história.

O monte de cruzes é um local de peregrinação localizado a 12 km ao norte da pequena cidade de Siauliai, no norte da Lituânia. Na colina, atualmente, existem mais de 200 mil cruzes que são um sinal de devoção cristã e memorial à identidade nacional lituana. As cruzes são tantas que é difícil contar todas elas. As cruzes são de tamanhos diferentes e feitos de diferentes materiais. Algumas são feitos de metal, outras de madeira ou granito e estão empilhadas umas sobre as outras. Como e quando a prática de deixar as cruzes na colina começou é um mistério.


Antes do século XIX, havia o forte de Domantai naquela área e diziam que, provavelmente, a primeira cruz foi colocada após a revolta de 1831 como um símbolo do desafio lituano aos invasores estrangeiros. Ao longo dos anos, crucifixos gigantes, estátuas da Virgem Maria, esculturas de patriotas lituanos e milhares de efígies e rosários foram colocados aqui. Em 1795, Siauliai foi incorporado na Rússia e retornou à Lituânia em 1918. Após a levante camponesa de 1831-1863, muitas cruzes foram erguidas na colina. Parentes dos rebeldes mortos que não tinham corpos para enterrar, colocavam cruzes na colina em memória de seus entes queridos perdidos. Havia cerca de 150 cruzes até o final de 1895.


Em 1914, cerca de 200 e, em 1940, haviam cerca de 400 cruzes. Ao longo deste tempo, a colina era um lugar para os lituanos orarem por seu país e seus entes queridos que se sacrificaram nas guerras da independência. Nos anos de 1963, 1971 e 1975, os soviéticos nivelaram a colina removendo todas as cruzes e as queimando. Mas os peregrinos de toda a Lituânia continuaram colocado as cruzes no local. Finalmente, em 1991, quando a Lituânia se tornou independente, Hill of Crosses tornou-se sua identidade nacional e um símbolo de sua fé católica.


Há outra lenda por trás do monte das cruzes. A história é de um agricultor lituano cuja filha estava doente e morreria. Ela foi tratada por todos os médicos e usou todos os medicamentos possíveis, mas sua saúde continuava a deteriorar-se. Todas as noites, o fazendeiro sentava-se ao lado de sua filha e continuava rezando por sua saúde. Uma noite, dormindo ao rezar ao lado de sua filha, o fazendeiro teve um sonho. Uma mulher vestida com roupas brancas pediu-lhe que seguisse suas instruções para sua filha ser curada.
 

De acordo com suas instruções, o fazendeiro construiu uma grande cruz de madeira e colocou-a na colina do Forte de Domantai. A mulher de branco disse que a cruz era um sinal de fé e amor para Deus e que curaria sua filha. Depois de ter colocado a cruz, sua filha foi curada de sua doença e incrivelmente antes de voltar para casa, ela estava fora de sua cama esperando por ele.


A história da cruz e do milagre se espalhou por toda a Lituânia. As pessoas vieram e colocaram uma cruz na colina na esperança de curar seus entes queridos que estavam doentes. Todos os anos, milhares de peregrinos visitam o monte. O número de cruzes cresce a cada ano.
 

Peregrinos vem a colina realizar pedidos e deixar suas cruzes

As cruzes são de diversos tamanhos e materiais e são penduradas umas sobre as outras




Compartilhe no Google Plus


Sobre Luciana Costa

Blogueira, escritora e life coach. Autodidata aplicada, amo psicologia e filosofia. Gosto de mistérios e curiosidades em geral. Esse blog é parte do que mais gosto de descobrir: os mistérios do mundo.

0 comentários:

Postar um comentário