Textual description of firstImageUrl

O Mistério do Navio Fantasma SS Ourang Medan



Um dos mistérios mais inquietantes do mundo marítimo. Conheça a história aterrorizante do navio  SS Ourang Medan.





















Os homens navegaram muito antes de voar ou ir ao espaço, e é por isso que a história do nosso oceano está cheia de rumores e contos fantásticos, dentre as quais estão monstros marinhos e navios fantasmas. As histórias do monstro do lago Ness, do navio Mary Celeste e do Holandês Voador existem há séculos, mas também houve acontecimentos misteriosos no mar que remontam a apenas algumas décadas. Como todos os contos do mar, essas histórias foram amplamente debatidas pelos céticos e crentes, incluindo a história de hoje sobre o misterioso desaparecimento do navio SS Ourang Medan.

O SOS, o mistério do navio e o horror a bordo


Entre junho de 1947 até o final de fevereiro de 1948, muitos navios que navegavam ao longo do Estreito de Malacca, perto de Sumatra e Malásia, receberam um SOS arrepiante de uma embarcação não identificada. A mensagem SOS era separada em duas partes, com um código morse misterioso, que ninguém conseguia entender. Esta mensagem dizia:

"SOS do Ourang Medan. - Pedimos o auxílio de qualquer embarcação próxima...Todos os oficiais, incluindo o capitão, estão mortos. Encontram-se na sala de mapas e na ponte. Possivelmente toda tripulação morta. ......… Eu morro."

Tripulantes



Após essa mensagem, não houve outra comunicação do navio misterioso. O sinal foi apanhado por dois navios americanos que identificaram a localização do cargueiro holandês SS Ourang Medan, traduzindo a mensagem usando escutas holandesas e britânicas. O navio que alcançou o cargueiro em dificuldades foi um navio mercante americano chamado Silver Star. Quando o Silver Star se aproximou do cargueiro holandês, nenhum sinal de vida foi percebido, forçando o capitão do navio mercante a subir a bordo para descobrir a causa da falta de comunicação com a equipe.


No entanto, quando a equipe de busca entrou no convés do SS Ourang Medan, eles se depararam com uma cena horripilante, que parecia ter saído diretamente de um filme de terror. Na plataforma do navio haviam vários cadáveres da tripulação, onde todos tinham em seus rostos os olhos arregalados e cheios de pavor aterrorizante, no momento de suas mortes. As posições dos corpos  davam a entender de que estavam tentando afastar-se ou lutando contra algo. O cachorro do navio também morreu enquanto grunhava contra qualquer coisa que os matou. Semelhante à tripulação, o capitão foi encontrado na ponte, enquanto os outros oficiais estavam localizados na sala de cartas e na sala do leme. Até mesmo o operador de rádio, que supostamente enviou o SOS, foi encontrado em sua estação com a mesma expressão em seu rosto.

Coisas estranhas no SS Ourang Medan:


Aconteceram coisas estranhas e misteriosas quando a equipe de resgate estava no SS Ourang Medan:

A primeira foi que, embora a temperatura ambiente era superior a 37ºC, eles ainda sentiam um frio inquietante que emanava de algum lado do navio.

A segunda era que os corpos dos tripulantes mortos não tinham ferimentos para explicar suas mortes e também podia ver-se que os corpos estavam se decompondo mais rápido do que o normal.

A terceira foi que o navio não pareceu ter sofrido nenhum dano em si, e é por isso que o Capitão do Silver Star ordenou que o SS Ourang Medan fosse rebocado pelo resgate.

A última e quarta coisa estranha do SS Ourang Medan foi que, quando os navios foram amarrados para o reboque, uma fumaça foi vista proveniente do compartimento de cargas nº 4 do cargueiro. Isso imediatamente fez o Silver Star cortar a corda de reboque anexada ao navio, agora em chamas. Poucos momentos depois, o SS Ourang Medan explodiu com tanta força que disseram que levantou muita água antes de descer e afundar em seu eterno lugar de descanso.

SS Ourang Medan: O navio sem uma origem


A razão pela qual o SS Ourang Medan é considerado um mistério para muitos é que ninguém encontrou o registro do navio. Mesmo no Dicionário de Desastres no mar 1824-1962 ou nos Registros de navegação daquela época. Com base no nome, as pessoas especulam que foi registrado em Sumatra, uma colônia holandesa na época. Ourang é a tradução de "homem", em indonésio, enquanto Medan é a maior cidade de Sumatra, dando ao navio o nome de "Homem de Medan". Também há especulações de que o SS Ourang Medan não existia devido à falta de registro ou ao fato de a tripulação que viu pela primeira vez o cargueiro ter ficado abalada sobre o incidente.


A Guarda Costeira dos Estados Unidos, em maio de 1952, iniciou as investigações oficiais do SS Ourang Medan, onde houve depoimento de testemunhas. Os depoimentos foram da equipe de resgate e sua descoberta dos membros da tripulação morta com "seus rostos congelados e voltados para o sol ... olhando, como se estivessem com medo ... as bocas estavam abertas e os olhos arregalados".

O que poderia ter causado a explosão do SS Ourang Medan?



Há muitas teorias sobre as circunstâncias misteriosas do SS Ourang Medan e seu fim. Mas uma das teorias mais logicas foi trazida pelo professor Theodor Siersdorfer de Essen da Alemanha. Theodor dedicou 50 anos para entender o que aconteceu com o SS Ourang Medan e sua equipe. Siersdorfer baseia muitas das suas descobertas de um folheto alemão publicado por Otto Mielke em 1954, chamado Das Totenschiffin der Südsee.

Este folheto foi supostamente encontrado por um dos homens da equipe de resgate do Sliver Star e diz não apenas o nome do capitão e a rota do navio, mas também que a carga continha cianeto de potássio e nitroglicerina. Estes dois produtos químicos são conhecidos por serem altamente perigosos e voláteis, e é por isso que eles não são recomendados para serem transportados através de mares agitados, o que poderiam causar explosões como a do SS Ourang Medan. 

Poderiam as cargas químicas serem a razão para a morte horrível da tripulação?



Outra teoria forte sobre o que aconteceu com a equipe do SS Ourang Medan está relacionada a armas biológicas projetadas e fabricadas por cientistas japoneses liderados pelo bacteriologista japonês chamado Shirō Ishii. Ishii fazia parte da Unidade 731, que foi encarregado de realizar experiências insidiosas em prisioneiros de guerra americanos, britânicos e australianos. Esses testes foram ainda mais sinistros e terríveis do que os experimentos nazistas.


Os experimentos da Unidade 731 foram direcionados para a criação de armas biológicas e químicas perigosas para ajudar o Japão a eliminar o inimigo. A teoria da morte da tripulação do SS Ourang Medan afirma que os experimentos e as armas biológicas da Unidade 731 foram discretamente enviados do Japão e que acabaram por vazar no navio, matando sua tripulação e causando a explosão final que afundou o SS Ourang Medan.

Estas foram as duas teorias mais prováveis ​​sobre a SS Ourang Medan e seu final misterioso. No entanto, existem também outras teorias que não possuem tanta evidência como aquelas que incluem OVNIs, bolhas de metano e incêndio na sala da caldeira. Qualquer um que realmente soubesse do que aconteceu com o SS Ourang Medan não se apresentou para explicar o que causou este trágico evento em uma das mais famosas histórias de navios fantasmas nos últimos tempos.

Compartilhe no Google Plus


Sobre Luciana Costa

Blogueira, escritora e life coach. Autodidata aplicada, amo psicologia e filosofia. Gosto de mistérios e curiosidades em geral. Esse blog é parte do que mais gosto de descobrir: os mistérios do mundo.

0 comentários:

Postar um comentário